quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Clipe do dia

Aqui está um exemplo de uma banda que eu detesto e de uma música que eu abomino. Mas, vá lá, o clipe é muito bom. Sugiro que façam como eu: tirem o som do vídeo e coloquem alguma outra coisa para tocar.





Duvido que alguém do Pearl Jam conheça a Dialética do esclarecimento, dos teóricos da Escola de Frankfurt, Theodor Adorno & Max Horkheimer, mas o livro e o clipe, ao meu ver, guardam certas semelhanças.

O vídeo inicia com as forças irracionais da natureza, que trazem perigo e medo para os homens. Em conseqüência disso, o homem, em uso da Razão, passa a procurar dominá-la, criando, assim, tecnologia, técnica. No entanto, essa tecnologia, que traria o domínio e o controle do homem sobre a natureza, acaba acarretando no domínio do homem sobre o próprio homem. A Razão emancipadora gera, portanto, o seu oposto: ao invés da liberdade, o que se vê é a Inquisição, guerras, o Holocausto. Nas palavras de Adorno & Horkheimer: “o Esclarecimento é totalitário”.

É óbvio que os geléias da vovó Pearl não tinham nada disso na cabeça (até porque não têm nada nela) quando pensaram o clipe, mas mesmo assim, me parece, é uma boa imagem da distopia do Esclarecimento descrita quase 30 anos antes.

2 comentários:

Ticous disse...

Eu gosto bastante dessa banda e acho essa música bastante... revigorante. (ok, só queria usar uma palavra escrota mesmo)
Esse clipe é beeem legal, tinha um tempão que eu não via. Esse é dos tempos em que a MTv ainda passava clipes!

Andre disse...

ticous: tempos que não voltam mais...