segunda-feira, 29 de outubro de 2007

A falta de criatividade que assola a indústria de biscoitos

A única parte do supermercado que me interessa minimamente é a dos biscoitos. No entanto algo vem me chateando bastante: o que aconteceu com a criatividade das indústrias biscoiteiras? Há alguns anos não há nenhuma opção além dos tradicionais Oreo, Goiabinha (o tal do Roladinho de Goiaba), Trakinas, Bono, Passatempo, Chocolícia, Chocookie, o Biscoito da Vaquinha (de pomposo nome Leite Maltado), etc. As únicas variações são algumas misturas esdrúxulas de recheios ou uma certa onda maldita de chocolate branco. Parece-me que a última grande invenção do mundo dos biscoitos foi a Tortinha, mas isso já faz muito tempo. Em compensação, alguns clássicos não agüentaram a passagem dos anos. Falo, claro, do Mirabel e do Fofy, que fazem muita falta no mundo dos apreciadores de besteiras.



Enfim, fica aqui minha nota de preocupação com o vigor e inventividade desta tão necessária indústria, cujos produtos me acompanharam diariamente nas tardes modorrentas, enquanto, esparramado no sofá, assistia Sessão da Tarde.

9 comentários:

Srta. Jones disse...

Caramba, Mirabel... esse faz falta mesmo. Outro que também faz falta é o Recreio, que era no estilo do Mirabel mas tinha uns recheios diferentes. O meu biscoito favorito de eras priscas era um de chocolate - cujo nome eu não lembro - que já vinha com uma mordida, e a embalagem tinha o desenho de um monstrinho. Era o melhor biscoito que existia naqueles tempos.

Chico disse...

morte à indústria dos biscoitos e da sessão da tarde que me fizeram adquirir arrobas durante o primário, atrasando irrecuperavelmente o início da minha vida sexual!

andre disse...

srta. jones: você se refere aos também clássicos Monstrinhos Crek-Crek. Quanto ao Recreio, sempre preferi Mirabel mesmo.

chico: eu também culpava as indústrias de biscoitos e a Sessão da Tarde, mas tendo em vista que minha vida sexual não mudou tanto desde então, insisto em procurar novos vilões.

Karin Kolln disse...

Andre, obrigada pelo comentário que você deixou no meu blog - espero "vê-lo" por lá outras vezes.

Não sou grande consumidora de bobagens - pra falar a verdade, nem passo no corredor dos biscoitos quando vou ao supermercado. Mas como sempre vejo propagandas na televisão, achava que existissem várias novidades.

Beijo!!!

Eloqüência disse...

Mirabel e Recreio foram essenciais.
Mas e Skiny? Era meu biscoito salgado preferido!
No entanto, confesso que rosquinhas Mabel permanecem no meu armário da cozinha!
belas lembranças...

Srta. Jones disse...

Monstrinhos Crek-Crek! Era isso mesmo. Ah, que falta que eles fazem.

E Skiny era o melhor biscoito salgado. Melhor até do que Fandangos.

andre disse...

karin kolln: eu queria muito não ser um consumidor de bobagens, mas nunca consegui largar o vício.

Espero que você volte aqui mais vezes também!

eloqüência: rosquinhas Mabel são ótimas mesmo. Na verdade, nem sabia que ainda existiam – boa pedida para as próximas compras. Sobre o Skiny, eu só incluí os doces na lista porque nunca fui muito fã dos biscoitos salgados. Mas já respondendo à Srta. Jones, eu preferia o Fandangos sabor presunto. Mas meu “chips” (argh!) favorito sempre foi Doritos mesmo.

Ticous disse...

Doritos com Nutela!

E que fique claro que você é moleque! (não estou fazendo piada com Tropa de Elite.) Esse pacote de Mirabel aí era o "novo". Eu comia muito mais o Mirabel das antigas, Old School, Vintage total! Lembra do pacote branco, bege e marrom (no caso do de chocolate, que era o que eu comia)??

P.s.: Percebeu como um posto pequeno e sobre assuntos amplamente acessíveis bombam muito mais? hehehehe

andre disse...

ticous: essa tese dos posts pequenos é totalmente verdadeira...

Sobre o Mirabel, é claro que lembro! Mas não achei a foto antiga na internet. Se você achar eu mudo na hora, hehe.

Doritos com Nutela... bons tempos, bons tempos.